Foz do Iguaçu – Curtindo natureza e muitas compras

Passeios maravilhosos e compras, não há combinação melhor.

Uma cidade encantadora que oferece passeios para todos os gostos, o explorador, o turista básico com a câmera na mão, o consumista, o espiritualizado e o que aprecia uma boa culinária.

Nesta postagem conto um pouco sobre os encantadores passeios por “Foz de Iguaçu“e dou dicas para os leitores aproveitarem, da melhor maneira possível, os pontos turísticos e as compras nas cidades da fronteira.

É impossível pensar em Foz do Iguaçu sem pensar em compras no Paraguai mas a grande atração da cidade é a “Cartaratas do Iguaçu – Parque Nacional do Iguaçu” um “Parimônio Natural da Humanidade” e eleita em 2012 uma das “Sete Maravilhas da Natureza“. Não é pra menos, o local conta com mais de 200 quedas de água, uma obra Divina e o parque tem uma estrutura muito bacana oferecendo passeios diversos.

Parque Nacional do Iguaçu – Vista para o Mirante principal

O parque possui ônibus confortáveis, que circulam lá dentro levando os visitantes até as principais paradas. Quando se compra o ingresso já é incluído o valor do transporte. Os ingressos podem ser compradas na bilheteria (com longas filas) ou pela internet – veja valores dos ingressos. Ah, brasileiros pagam valores diferenciados mas é preciso apresentar um documento de identificação.

O ingresso é para a visitação e apreciação das quedas, onde pode ser iniciado num primeiro mirante e ir caminhando até a famosa queda principal porém outras atrações não estão incluídas, deve ser comprado a parte como é o caso das trilhas, rapel, rafting, arvorismo, passeio de helicóptero e macuco safari (bote que se aproxima de uma das quedas).

 

Parque Nacional do Iguaçu – Mirante principal

Ao final da caminhada pelos mirantes tem uma área de alimentação com restaurante a beira da represa.  Lembrando que a visita sem acrescentar nenhum passeio tem duração de pelo menos umas 4 horas, reserve pelo menos meio dia na hora de fazer o roteiro da viagem.

Dicas: leve mochila onde não falte um protetor solar, repelente (pois vc caminha por lugares com bastante vegetação apesar do calçamento de acessibilidade), água e para aqueles que se incomodarem de ficar um pouco molhados com o valor da água, uma troca de roupa ou capa de chuva. Acho que nem é preciso ressaltar que o calçado deve ser confortável, não é?!  A propósito, mulheres que estão se preparando pra ir a Foz do Iguaçu e estão com dúvidas o que colocar na mala, fica a dica, todos os passeios merecem um tênis confortável, sapatinho de salto só um pra sair a noite nos diversos bons restaurantes da cidade e para ir ao cassino em Porto Iguazú na Argentina.

Por falar em Argentina, devo ressaltar para aqueles que ainda não conhecem Foz do Iguaçu, que a cidade faz fronteira com o Paraguai (Ciudad Del Este) e Argentina (Puerto Iguazú). E a própria Cataratas tem uma parte pertencente ao território Argentino, então é outro passeio a se fazer. Do lado Argentino fica a “garganta do Diabo” dizem que uma das mais belas quedas da cataratas mas eu ainda não tive oportunidade de visitar, cheguei ir a Puerto porém não às Cataratas por falta de tempo na viagem ou por chuva em excesso, como foi o caso da minha última ida a Foz.

 

Marco das três fronteiras

 Ainda pensando nas fronteiras, em Foz tem um ponto turístico chamado “Marco das três fronteiras“, quando visitei achei o local um pouco abandonado, sem muitas visitações e com poucas informações pra chegar até o lá. Neste lugar e possível ver parte dos três países cortados pelo rio Paraná, que os divide, e seus referentes marcos.
É interessante, mas não um passeio imperdível!

 

Parque das Aves

 Próximo ao Parque das cataratas tem o “Parque das aves“, um local bonito, cheio de aves e em alguns viveiros é possível caminhar entre elas e até ter contato, como na minha foto. Mas é preciso avaliar o tipo de turista pra se indicar um passeio deste, se gosta de contato com a natureza, vá! Se não é fã de apreciar aves, não vá! Se prefere só uma visitação a um zoológico (com mais variedade de animais) pra levar a garotada, vá ao “Refúgio biológico” (um dos passeios da Itaipu binacional, sobre o qual falarei logo mais).  Particularmente, gostei muito da experiência, adorei ir ao borboletário! Não há muitas informações no site mas consta horário de funcionamento e localização: http://www.parquedasaves.com.br/

 

Itaipu Binacional” não é um ponto turístico, é uma “big” empresa que abriu suas portas aos visitantes. E cá entre nós, vale muito uma visita, pelo conhecimento do funcionamento da hidrelétrica, pela beleza da construção, pela atenção voltada para o turista… enfim, RECOMENDO!

Pode-se tirar um dia para a visitação à Itaipu, cada atração tem horários e valores específicos. São 8 atrações (site com valores e descrições); Segue as dicas:

Entrada para o interior da usina hidrelétrica

  1. Quando se compra o circuito especial não vejo necessidade de fazer o passeio panorâmico pois o primeiro acaba englobando o segundo.
  2. Olhe os horários dos passeios com antecedência e pelo próprio site é possível planejar os horários para comprar os ingressos sem que uma atração impossibilite outra, minha sugestão para quem está disposto a passar o dia (escolhendo alguns passeios) Circuito especial seguido do almoço no PTI, a tarde o refúgio biológico e a noite a iluminação da barragem.
  3. Leia as regras para os passeios, em especial para o circuito especial pois pra entrar no interior da hidrelétrica há exigências de calçados e roupas.
  4. Se houver interesse em visitar o templo budista programe-se para o mesmo dia em que for à hidrelétrica pois os dois locais são longe do centro de Foz do Iguaçu e o templo está no meio do caminho.
  5. Se não houver interesse em visitar e conhecer Itaipu pense na possibilidade de pelo menos assistir a iluminação da barragem pois é um espetáculo bonito com duração de 1hora e 30 minutos aproximadamente e acontece somente às sextas e sábados.

http://www.turismoitaipu.com.br/

Iluminação da barragem em Itaipu Binacional
Acabei de mencionar o “Templo Budista“. Este é um local lindo de muita paz, e de onde pode se ter uma bela vista da cidade de Foz do Iguaçu. É um passeio para contemplação apenas, e não se paga para entrar.

 

 

Bom, no inicio desta postagem falei que Foz do Iguaçu era para todos os tipos de turistas mas até agora só escrevi sobre locais que agradam os amantes da natureza, que curtem boa paisagem e lindas fotos. Não, eu não me esqueci dos consumista! E é agora que vamos nos esbaldar…
Compras na Argentina – Puerto Iguazú

Começarei com o Free Shop da Argentina, o “Dutty Free Shop” que fica localizado entre a Aduana Brasileira e a Aduana Argentina, para visitar apenas o free shop não se passa pelo controle de fronteira da Argentina. Para fazer compras no Dutty free Shop é necessário levar um documento de identificação porque é através dele que se faz o controle do valor de compras por pessoa (total de 300 dólares por pessoa /mês), este documento não precisa ser passaporte, pode ser uma carteira de identidade assim como pra passar pelo controle de fronteira, caso entre na cidade de “Puerto Iguazú“. Você entrara na cidade caso opte por conhecer as Cataratas pelo lado Argentino, como mencionei anteriormente, para ir ao Cassino ou para jantar um belo Chourizo nos restaurantes da cidade. A cidade é super tranquila e tem alguns centro comerciais – shoppings- e bons restaurantes.

Dutty Free Shop Puerto Iguazú – Argentina

O Dutty Free é um local bonito e bem organizado, um shopping pequeno. Há a parte das bebidas e chocolates, que particularmente sempre achei mais vantagem comprar aqui do que no Paraguai, maquiagens e perfumarias, eletrônicos, roupas e uma parte de artigos esportivos da Nike. A parte de alimentação é bem ao centro e pequena com apenas um quiosque, digamos que um “quebra-galhos” não um local pra fazer uma refeição. Não é necessário dispensar um tempo muito grande pra ir ao free shop, pode ser uma noite após outro passeio em Foz do Iguaçu ou um final de tarde combinado com um jantar em Puerto Iguazú.

Ponte Tancredo Neves / “Ponte da Fraternidade”

Separe uns minutinhos de sua ida à Argentina para parar na ponte que marca a divisa e tirar uma foto no local, brincando de pisar nos dois territórios, com as cores do Brasil pintadas de um lado e do outro as cores da Argentina.

Detalhe importante: se você vai a Foz via aéreo e pretende alugar um carro é necessário pedir uma autorização do locadora para ir até o free shop, pois se for parado na aduana brasileira vão solicitar a documentação do veiculo incluindo está autorização. As locadoras a fornecem sem problemas porém apenas para a Argentina, eles não permitem que se vá com o carro alugado para o Paraguai. Na verdade, mesmo que você vá com o carro próprio não é aconselhável atravessar a fronteira para o Paraguai com seu veículo, há opções, alugue uma lotação para ir as compras em “Ciudad Del Este“, vá de táxi ou ainda vá com o carro (próprio ou alugado) até próximo à “Ponte da Amizade” e pague um dos inúmeros estacionamentos aos arredores da aduana brasileira e atravesse a ponte à pé. Eu já fiz as três coisas, nenhuma das opções saiu demasiadamente cara. Aliás, a minha primeira vez no Paraguai encontramos um taxista em Foz que foi simpaticíssimo e nos acompanhou por todos os lugares, ele se ofereceu de nos levar ao Paraguai por um preço fechado e nos acompanhar nas compras e como guia o tempo que quiséssemos ficar por lá, e assim o fez, ele fez questão até de nos ajudar a carregar as sacolas das compras. Para quem se interessar o nome do taxista é Sr. Nerci (45) 99911 9270 (tim) ele e o filho trabalham juntos, Moacir (filho) (45) 99921 9105 (tim) ou  (45) 99119 8772 (vivo) moacirenercitaxifoz@hotmail.com.

Compras no Paraguai – Ciudad Del Este
Chegando na Ciudad Del Este, logo a esquerda da aduana tem o “Shopping Del Este“, um shopping grandinho e mais novo, as lojas são dos mais diversos tipos, artigos esportivos, perfumarias, vestuário, eletrônicos. Vale conhecer! Subindo, uma das primeiras ruas com acesso a direita encontra-se no segundo quarteirão a dentro a “Nave Net” (se vê ao longe sua fachada com identificação). É uma loja de três andares, aqui já comprei pequenos eletrônico com preços bons e jogos de vídeo game. Os produtos são retirados no subsolo e lá da pra testar os eletrônicos.
Logo acima vc entra no Shopping “Americana” pode seguir pelos fundos (a rua da Nave) ou pela avenida principal. São vários andares com muitas lojas.
Subindo a avenida principal, a esquerda tem a “Monalisa” loja grande também com vários andares divididos por setores, uma das mais arrumadas e agradáveis lojas do Paraguai (o que não é muito comum). Talvez o preço não seja o melhor mas, vale conhecer e tem que se pesquisar porque sempre tem um desconto no caixa.  Ah, não se esqueçam de visitar o subsolo da Monalisa, onde fica a Adega.
Do Monalisa vc segue pro lado direito na esquina seguinte tem o Shopping “Jebay Center” onde entre outras coisas se encontra a loja Elegancy (perfumes); e mais abaixo o Shopping “Lai-lai Center“, bom  para produtos de informática.
Essas são algumas dicas de compras no Paraguai e de maneira alguma caia na tentação de comprar pen drives de vendedores ambulantes. Segue uma sugestão de trajeto das lojas que indico:

Meus locais em Foz no Google Maps

Agora para os apreciadores de boa gastronomia, segue minhas dicas:

Chef Lopes – o melhor bife de Chourizzo que já experimentei!
Rua Almirante Barroso, 1713 – Centro. Foz do Iguaçu – PR, 85851-010, Brasil
Telefone: 45 3025-3334   site: cheflopes.com.br

Capitão Bar – ou pra badalar um pouquinho a noite ou um lugar tranquilo pra almoçar no fim de semana
Avenida Jorge Schimmelpfeng, 288 Centro. Foz do Iguaçu – PR, 85851-110, Brasil
Telefone: 45 3572-1512     site: capitaobar.com

Império Pizzaria – Massas sem igual, especialmente a fogazza!
Rua Edmundo de Barros, 470. Foz do Iguaçu – PR, 85851-120, Brasil
Telefone: 45 3027-2801

Restaurante República dos Camarões – Especialidade frutos do mar, peça de entrada a casquinha de siri no maracujá
Rua Marechal Deodoro, 1681 – Centro. Foz do Iguaçu – PR, 85851-020, Brasil
Telefone: 45 3029-0073     site: republicadoscamaroes.com

Universidade da Cerveja – Bom lugar pra beber uma caipirinha no fim da noite. Experimente o escondidinho!
Rua Santos Dumont 1003, Centro. Foz do Iguaçu – PR, 85851-040, Brasil
Telefone: 45 3027-0500     site: universidadedacerveja.net

Churrascaria Fogo Dourado  – Rodízio bem servido.
Rua Quintino Bocaiúva, 953. Foz do Iguaçu – PR, 85851-130, Brasil
Telefone: 45 3572-3318

Espero que tenham curtido as dicas!
Aproveitem Foz do Iguaçu e arredores, deixem comentário, sugestões ou perguntas.
Resumo de Viagem
Local: Foz do Iguaçú – PR
Principais Visitações: Cataratas (parque nacional), Itaipu, parque da aves, Templo Budista, Paraguai (Cidade del Leste), Argentina (Puerto Iguazu e Duttty Free Shop)
Parceiro de Viagem: Viagem de casal
Fotografia: Taciana P Rocha
Ponto alto: sem dúvida, ver a grandeza das cataratas
Ponto baixo: dias de chuva que frustrou outros passeios como o das cataratas pelo lado argentino
Duração: 6 dias
Ano: 2012 (outubro)
Facebook Comments

One Comment

Deixe uma resposta