Thermas dos Laranjais em Olímpia (SP)

Há 10 anos conheci um lugar especial com minha família e nós o apelidamos de “pedacinho do paraíso”.
Um parque aquático com atrações que diverte todas as idades, também um bom local pra descansar e relaxar. A cada ano que o visitamos encontramos novidades e melhorias. Por estes e outros motivos minha família elegeu o “Thermas dos Laranjais” como o local de férias anuais em família (mesmo que estas “férias” sejam um feriado).
Minha família é fã e a sua? Já conheceu ou quer conhecer um dos principais complexos turísticos da América Latina? Vamos lá…

A cidade

Olímpia é uma cidade na região Noroeste do Estado de São Paulo, com pouco mais de 50 mil habitantes está situada a 429Km da capital, São Paulo, a 50Km de São José do Rio Preto, a 49Km de Barretos.
Fácil acesso pra quem vem de carro de outras regiões do Estado de São Paulo, e de vários outros Estados que circundam SP (Distância de algumas Capitais: Rio de Janeiro – 920 Km, Curitiba – 680 Km, Goiânia – 580 Km, Brasília – 780 Km, Belo Horizonte – 760 Km, Cuiabá – 1.150 Km).
Para aqueles que estão mais distantes há a opção de aeroporto em São José do Rio Preto (a 50 Km), Ribeirão Preto (a 135 Km) ou Uberaba (a 200 km)
Mapa retirado do site: www.olimpia.sp.gov.br

 

Essa cidade abriga o Thermas dos Laranjais , como havia citado anteriormente, um lindo Parque aquático que atualmente é o mais visitado do Brasil, segundo a própria empresa. Toda o turismo da cidade se consolidou em prol deste Parque e hoje ela conta com uma boa estrutura de hotéis, pousadas, bares e restaurantes para atender bem os turistas, além da estrutura interna do Thermas, a qual irei descrever em seguida.

O  Thermas dos Laranjais 

Estrutura

O Parque conta com uma estrutura muito bacana. Logo na estrada há um grande estacionamento para os visitantes não-sócios e excursões, os banheiros contam com duchas de banho (água quente) e na área entre os banheiros há guarda volume individual e com chave para empréstimo (mediante um documento do visitante ou carteirinha do sócio) assim o visitante pode guardar seus pertences com segurança.

Os armários do guarda volume, na maioria das áreas, são de tamanho mediano, dica, use pra guardar algo com mais valor, um celular, a câmera fotográfica, a carteira… (cabe coisas maiores), seus demais objetos como toalhas e calçados podem ficar próximo ao local onde você estiver, num quiosque ou mesa sem problemas. É comum as pessoas deixarem seus objetos e ali eles permanecerem. Bom, voltando aos armários mais ao fundo do parque, próximo à nova atração “montanha russa aquática” há um conjunto de armários maiores, neste é possível guardar até uma pequena mala.

Para quem está com bebês tem se um lindo fraldário ao centro do parque. Restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias tem pra todos os gostos e diferentes orçamentos, porém em dias de grande movimento (obs: capacidade do parque: 15 mil visitantes/dia) há sempre filas.

Dentro do parque encontra-se também lojas com roupas de banhos, lembrancinhas e outros produtos. O complexo aquático conta com mais de 50 atrações de águas quentes naturalmente dentre elas duas praias artificiais com piscinas de ondas, quiosques aos arredores da praia e areia, isso mesmo areia como em uma praia.

Lembra que eu comentei na chamada do post que frequento o parque a 10 anos? Então, alguns podem questionar se não cansa de ir sempre ao mesmo lugar e ver sempre as mesmas coisas, isso não se aplica ao Thermas dos Laranjais pois a cada ano que chego vejo atrações novas, ampliações e muitas melhorias no local. Por se tratar de um local com tanto potencial turístico a empresa não deixa de investir no conforto dos visitantes, contanto que visitei o parque neste mês de setembro vi novas atrações e outras duas em construção.

Acima imagens de obras das novas atrações

Tarifário

Os ingressos são individuais e diários, os preços variam de acordo com os meses do ano e os dias da semana, por exemplo domingos e feriados são mais caros, no site há especificado quais os feriados entram na relação de valores maiores. Há a possibilidade de meia entrada. Para grupos de excursão tem operadoras credenciadas pelo parque na própria cidade que oferecem descontos. Os ingressos podem ser comprados com antecedência através destas operadoras ou diretamente no parque.
Importante: aceitam cartão de crédito para compras de ingressos.
Consulte os valores: TARIFÁRIO

Horário de Funcionamento

O Parque funciona todos os dias da semana sendo que na segunda-feira a abertura é mais tarde que nos demais dias, as 9 horas da manhã. De terça-feira a domingo a abertura é as 8 horas e todos os dias o fechamento as 20 horas. Algumas atrações (exemplo os toboáguas) tem o funcionamento interrompido em horário de almoço (das 13h as 14h). Outras tem horário diferenciado de funcionamento, como é o caso das piscinas de ondas que funcionam das 9h as 18h, fora deste período não tem ondas e nem salva vidas. Horários no site

Cartão Thermas Card

Para a comodidade e segurança dos visitantes no Thermas não é usado dinheiro pra consumo interno, todos os bares, restaurantes e lojas aceitam pagamento apenas com cartão de credito/debito ou o Thermas Card. O Thermas Card é um cartão de consumo pré pago que pode ser adquirido em alguns guichês específicos pra vendas destes. No guichê o visitante faz um depósito inicial de acordo com suas necessidades e vai usando. Sempre que necessário é possível recarregar seu cartão ou ainda se não usar todo o valor depositado, ao devolver o cartão se recebe o dinheiro restante de volta. Ao fazer um consumo em um bar, por exemplo, no seu cupom de compra vem especificado o valor gasto e o saldo restante no seu cartão. Prático, não?!

Quando ir

Redário, ótimo lugar pra descansar e cochilar após o almoço

A alta temporada no Parque vai de outubro a fevereiro, neste período fica muito cheio, apesar de existir um limite de pessoas por dia e o parque contar com uma área de 260 mil metros quadrados, você acaba tendo que “disputar” uma cadeira pra sentar e um cantinho na piscina. É possível se divertir e usufruir das atrações porém algumas terão filas ou será um pouco mais trabalhoso encontrar uma boia disponível pra deitar e curtir o “Rio Manso” ou uma rede pra cochilar.

Julho, mês de férias, claro que os pais vão passear com a família por lá. O movimento também é grande contudo, menor que no verão pois apesar das piscinas contarem com água quentinha há quem não queira passar frio saindo de uma atração pra outra. Particularmente, é a época que mais gosto de visitar o Thermas, no inverno, mas é bom sempre levar uma toalha extra e se possível um roupão de banho pra vestir ao sair das piscinas, assim diminuir um pouco o frio e o contato com o vento.

Os demais meses são pra quem curte tranquilidade… mas é inevitável um dia bem movimentado em feriados. Não existe época ruim ou boa pra visitar este pequeno paraíso, tudo depende de sua disponibilidade e de como você prefere o clima.

O que levar para o Thermas dos Laranjais

Em especial pra dias frios leve o roupão de banho. Toalhas pra usar depois das piscinas e outra para após o banho caso opte por tomar banho lá antes de ir embora com sua excursão ou pra onde estiver hospedado. Pra quem estiver hospedado em casas de temporada com grupos maiores, usar o banheiro do parque pra se banhar é uma boa opção pra não entrar na fila do banheiro na casa depois e ir direto pro descanso, pois brincar um dia inteiro nestas piscinas deixa qualquer um com o corpo “mole”.

Chinelo é indispensável. Protetor solar, em dobro se for no verão porque Olímpia fica em uma região quente do Estado, de sol forte em dias quentes.

Se for levar sua câmera fotográfica ou celular com câmera, providencie aquelas capas aquáticas, elas vedam o aparelho permitindo que você os use nas piscinas pra fotografar e dá mais segurança. Caso não encontre pra comprar na sua cidade, nas lojas do Thermas você encontra.

Dica: Para meninas e mulheres que pretendem se aventurar na piscina de surf recomendo que leve um top ou blusinha que fique firme sobre o seu biquíni pois nesta atração a força da água costuma tirar o biquíni do lugar (os moços que ficam apreciando “o show” do lado de cima da piscina é que não vão gostar desta dica).

Para os pequeninos não esqueçam as boinhas e pra aqueles que gostam muito de mergulhar um óculos de natação. No mais, seus objetos pessoais…

A melhor parte: As atrações!

Água naturalmente quente a qualquer hora do dia, pra relaxar ou se aquecer em dias frios os ofurôs são ótimas opções. Acima tem um marcador com a temperatura da água naquele momento, geralmente ficam acima dos 38º Celsius, neste dia da imagem a temperatura da água estava em 40º.

A Piscina de Pedra é um lugar encantador pra toda a família, seu fundo é todinho coberto de pedras e nas laterais saem jatos de água pra hidromassagem, na foto vê-se ao lado esquerdo as duchas e no canto direito (não contemplado pela imagem) também tem um cantinho com mais um grande ofurô e muitas duchas e jatos de água por todos os lados.

A Piscina com bar molhado é uma das primeiras atrações que se avista ao entrar no parque, nela há um delicioso escorregador (Hula Hula) e a borda é diferenciada, onde pode-se deitar ou sentar e curtir pequenos jatos de água e ao centro da piscina, claro a atração principal, o bar molhado, com banquinhos pro pessoal aproveitar a piscina enquanto toma uma bebida e belisca um petisco. Na lateral esquerda da piscina fica um “aquário”, uma piscina rasa com a lateral transparente, pra tirar fotos em baixo d’água é bem legal! há outra dessas num segundo bar molhado mais ao fundo do parque.

Piscina com bar molhado

Entrada para o escorregador da piscina do bar molhado

Duchas

As duchas podem ser encontradas em várias locais, em algumas piscinas há quedas de água formando duchas. Mas está (da foto ao lado) fica ao lado do Bar da piscina com uma piscininha a baixo e ao fundo uma ducha (queda) sobre um banco de pedras. Apenas cinco minutinhos recebendo está água na região dos ombros e das costas e muita tensão vai embora… a massagem pulsante faz com que os músculos cansados e doloridos relaxem.  Este é um dos benefícios das duchas, além de estimular a circulação sanguínea.

Piscinas Gêmeas – Chafariz

A Piscinas Gêmeas (a qual minha família apelidou de piscina do chafariz) é outra beneficiada por duchas e fortes jatos de água nas laterais de dentro da piscina e nas bordas com espaço pra deitar e relaxar.  Ao redor desta piscina tem muitos quiosques, cadeiras e espreguiçadeiras. Um local muito agradável pra descansar. É nessa área do parque que também se encontra uma pequena sorveteria representante dos sorvetes Bambi, uma delícia!

Logo numa área a baixo desta piscina encontra-se o Playground aquático – Clube da Criança, um local destinado as crianças, piscinas rasas com muitas atrações, brinquedos coloridos, pequenos escorregadores com uso de boia “rosquinha”, tirolesa infantil, e até as bolhas adaptadas ao tamanho dos pequenos.

Playground Infantil

    

 

 

 

 

Por falar em bolha, vamos deixar um pouco de lado as atrações que relaxam e locais pra descansar e vamos pensar naquelas com um pouco mais de emoção e radicalidade… A Bolha Gigante é uma boa atração pra começar as emoções. Aqui brinca-se de escalar a bolha com o auxilio de cordas ao seu redor e depois escorrega direto pra um mergulho. Muito divertido e o melhor, é uma atração pra família inteira brincar junto.

Para o uso desta atração há algumas regras, como por exemplo não pode entrar com nenhum objeto perfurante, nem chaves, óculos de sol e afins…

Em dias de parque mais cheio há uma fila e cada grupo de pessoas tem um determinado tempo pra brincar, tudo controlado por colaboradores do parque. Ao acabar o tempo de um grupo a água do chafariz do alto para de escoar e um sirene soa, os colaboradores pedem que o pessoal saia e outro grupo entra na piscina. Força nos braços e pernas, equilíbrio e prontos pra escalar a bolha!!!

Há duas bolhas destas, a outra bem ao lado fica fechada em dias de menor movimento no parque. Ao lado esquerdo da foto, mais ao fundo é onde fica localizado um dos redários (o qual coloquei imagem no subtítulo “quando ir”) e logo a frente a outra atração bem divertida uma piscina de obstáculos com nome Piscina Maluca (foto ao lado). Aqui você tenta se equilibrar nos obstáculos flutuantes e com o auxilio das cordas e rede de cima atravessa toda a piscina.

Mais uma brincadeira que, em especial, a criançada adora são os canhões de água. É comum ver pais e filhos se divertindo em “atirar” água uns nos outros. Os balanços com jatos de água funcionam de maneira parecida, mas destes não tenho imagem da atração que leva o nome de Hidrobalanço. São três balanços “pêndulos” nos quais sentam-se duplas, um de costas pro outro e a brincadeira é atirar o jato no momento correto pra que o balanço ganhe impulso que podem levar a quase 10 metros de altura.

Um belo complexo de toboáguas e o Baldão enfeitam o centro do parque. O Baldão (a esquerda) adora pegar todos de surpresa e dar um banho de água fria nos visitantes. A foto a direita mostra a base da tirolesa, firmeza na mão pra descer e dar um mergulho numa piscina de 2.20 metros de profundidade (sempre com salva vidas). Os toboáguas são pura adrenalina, na imagem a seguir vemos o Crazy que foi o primeiro toboágua com mais de 20 metros de altura no Thermas, uma super descida de 25 metros. Ao lado dele, o empolgante Aladin, no qual sobre um tapete que desce numa pista com 15 metros de altura, no final da rampa flutua-se sobre a água.
Crazy e Aladin
Crazy e Aladin (minha amiga descendo no tapete do Aladin)

Mas a radicalidade não para por aí, em outro conjunto de toboáguas é possível encontrar os atuais mais alto do Thermas com 30 metros de altura, o Evereste e o Kamikase (toboáguas a esquerda em amarelo e verde), são 4 segundos de descida e muita emoção. Vai encarar?
O Maluquinho completa este grupo indiscutivelmente cheio de adrenalina (no canto direito toboágua azul), neste é possível descer em um pranchinha ou sem ela e na reta final uma curva radical!
Quer dividir a emoção com alguém? Então desça no toboágua azul ao cento da foto, onde é possível ir em dupla numa boia (esta da foto) é delicioso… depois aproveite seu par e convide pra descer no Toboágua em SS que usa o mesmo tipo de boia ou a de três lugares. Este fica no canto esquerdo que não aparece na imagem, ele é todo aberto e com uma linda vista.

Toboáguas Kamikase, Evereste e Maluquinho
Asa Delta

Gostou de brincar com boias, então experimente descer nesta mais nova atração do Thermas, a Asa Delta é um Half Pipe molhado com 18m de altura. Aqui você desce em boia de dois lugares e ao final ainda entra num toboágua que te leva até a piscina. Ao subir as escadas pra chegar no topo desta atração você também pode escolher ir pra a Xícara Maluca um toboágua fechado que desemboca em algo parecido com uma xícara furada (pra mim parece mais um toalete rsrs, infelizmente não tirei fotos pra fazer uma enquete).

Pista de Surfe

Quer radicalizar mais um pouquinho? Que tal uma experiência de aprender a surfar ou colocar em pratica suas técnicas? Muita adrenalina garantida e um verdadeiro teste de equilíbrio quando se entra na Pista de Surfe. Aqui imita se as manobras realizadas numa onda de verdade.

Trecho Rio Lento

Ao cair da prancha a pessoa desce por um toboágua chamado Tomboágua, já imaginou o por quê do nome? E a continuidade desta pista com uma curva bem legal e que por sua vez desemboca no Rio Lento. Está atração, na minha opinião, é uma das melhores, pegue sua boia, suba e deixa a água te levar por todo o trajeto que hora será mais calmo, hora um pouco mais agitado, mas o bacana são as surpresas no meio do caminho… não contarei pois deixariam de ser surpresa!

Bom, você já começou a relaxar novamente passeando pelo Rio Lento, com está mesma boia, dê um pulinho numa das praias do Thermas do Laranjais. Isso mesmo! Uma das praias, você escolhe se irá curtir as ondas do Mar Azul (a mais recente das piscinas de onda) ou se vai para a tradicional Praia Azul. Relembro a vocês, caros colegas leitores, que as praias tem movimento de ondas por isso há salva vidas aos arredores, mas o horário de funcionamento é diferenciado (até as 18h) e fora do horário, sem ondas e sem salva vidas.

Praia Azul

Entre as duas praias ainda há três atrações interessantes, a primeira é o Poço dos Bandeirantes, o Poço é um complexo de hidros, onde pode-se usufruir das águas medicinais do Aquifero Guarani a mais de 40ºC, fazendo jus ao nome do Thermas. “É um espaço de total relaxamento pra quem busca as propriedades medicinais que estas águas, extraídas a mais de 1500m do solo, proporcionam” (descrição extraída do site da empresa).
Segunda, a Sonolência com espreguiçadeiras dentro da água rasa é um local perfeito pra relaxar. E por fim, a Ressurgências (mar morto) são duas piscinas a base de sal que não deixa você afundar.

Redário

Se seu objetivo agora for relaxar mais um pouquinho, arrume um cantinho em mais um redário ou puxe uma espreguiçadeira para baixo do quiosque. Já ia me esquecendo de dizer que é possível também curtir uma sauna… sauna, ducha, redário – um trio perfeito!

Quiosques próximos à piscina do bar molhado

Mapa de localização das atrações do Thermas dos Laranjais

Espaço de acesso à lojas e restaurantes

Fotos comparativas de algumas atrações – o “antes e depois”:

  

Tem novidade no Thermas! Acesse o novo post e confira: Novidades no Thermas dos Laranjais

 

Resumo de Viagem

Local: Olímpia – SP
Principais Visitações: Parque aquático Thermas dos Laranjais
Parceiro de Viagem: Toda família com crianças, meus pais, irmãs, sobrinhos e amigos
Fotografia: Taciana P Rocha
Ponto alto: Minha atração favorita, o Rio Lento porque toda família brinca junto
Ponto baixo: Dias mais frios é difícil sair das piscinas quentinhas, as vezes, isso gera uma dor de garganta.
Duração: Mínimo 3 dias (como disse é uma viagem que se repete anualmente e a duração varia muito).
Ano: 2013 (ano das fotos e relatos deste artigo)
Facebook Comments

4 Comments

Deixe uma resposta